Dando continuidade à série que diz tudo o que sua alimentação pode fazer pelos seus filhos (veja aqui: Gestantes, Amamentação, Introdução dos alimentos ), hoje o post é para quando os filhos ainda estão em planejamento. Não são muitas pessoas que sabem, mas hoje já existe muita relação entre o consumo alimentar e a fertilidade masculina e feminina. É isso mesmo, sua alimentação pode fazer muito pelos seus (futuros) filhos, mesmo que você ainda não esteja pensando neles. Então, veja aqui alguns conselhos e alimentos que não podem faltar se você já está pensando ou pensa em um dia aumentar a família Frutas e vegetais Aqueles que estão preocupados na manutenção da fertilidade devem manter um consumo variado e frequente de frutas e vegetais, garantindo assim um bom aporte de vitaminas e minerais, e um melhor equilíbrio na inflamação natural do organismo.  As verduras verde escuras são especialmente importantes, pois contêm boas doses de vitamina ...

Continuar lendo...

Como nos últimos anos, eu não poderia deixar passar em branco este 1º de agosto, quando comemoramos o Dia Mundial da Amamentação. Neste dia inicia também a Semana Mundial de Aleitamento Materno (SMAM), que marca uma série de eventos e publicações em torno do incentivo à amamentação. "Amamentação: uma chave para o desenvolvimento sustentável" é o tema deste ano, que leva como slogan "Presente Saudável, Futuro Sustentável".  Neste contexto, a amamentação é tida como um dos pontos chave para o desenvolvimento sustentável pois tem ligação direta com a saúde e segurança alimentar e nutricional, e também como garantia do alcance do potencial máximo de desenvolvimento e educação  da criança, refletindo em produtividade no seu futuro. Não é lindo? 💙 💜 Outro ponto que ambientaliza a amamentação dentro do desenvolvimento sustentável, é que em 2016 17 metas universais para o desenvolvimento global já traçadas precisam começar a ser alcançadas, para ajudar a guiar o desenvolvimento mundial ...

Continuar lendo...

Continuando a série “o que a alimentação pode fazer pelo seu filho”, o terceiro post é sobre a introdução dos alimentos. Passada a gestação (veja aqui o post sobre esta fase) e o momento de amamentação exclusiva (veja aqui o post), chegou a hora do seu bebê começar a conhecer o mundo dos alimentos. Nesta momento, já não é mais exatamente sua alimentação influenciando a vida do seu filho, e sim, quais alimentos ele vai conhecer, a forma que ele vai conhecê-los e como vai construir, com sua ajuda, seu comportamento e relação com a comida e com as refeições. Observe que não é só uma questão de qualidade e quantidade, mas também o tipo de experiência é importante aqui.  Eu costumo dizer que esta é a terceira grande chance (a última, de alto impacto!) que os pais têm em realmente mudar a vida e preferências alimentares de seu filho, para o resto da vida, pela alimentação. Então ...

Continuar lendo...

Dando continuidade à série sobre a interferência da alimentação da mãe na vida de seus filhos a médio, longo e longuíssimo prazo, hoje o post é sobre um dos temas que eu mais gosto: amamentação! Eu considero o ato de amamentar um dos maiores e mais lindos atos de amor. O leite materno é o alimento mais perfeito, vivo e dinâmico que existe, e é especialmente desenhado para cada bebê. Mas embora muito hoje se fale sobre a amamentação, eu vejo que na hora H, as mães se enchem de dúvidas e inseguranças, e muitas vezes, sentem falta de apoio de familiares e profissionais. E este é outro ponto, para uma amamentação de sucesso, tudo o que a mãe precisa, além de vontade de amamentar, é  informação de qualidade e apoio. A amamentação traz inúmeros benefícios para mãe e bebê, mas o tema deste post é “como a alimentação da mãe pode influenciar de ...

Continuar lendo...

Recentemente mostrei no instagram (@blognutrirbem) que estou montando um novo material de atendimento, e entre eles, uma pasta de orientação especialmente feita para as gestantes. Então, junto com este novo material, começa aqui no blog uma série que dirá em detalhes tudo o que a sua alimentação pode mudar na vida de seu filho, desde a gestação até quando a própria criança começará a fazer suas escolhas alimentares. Há muitas possibilidades para preparar e garantir a boa saúde das crianças durante muito tempo. O que sua alimentação pode fazer pelo seu filho durante a gestação?   Controlar o ganho de peso: É uma das grandes preocupações das mães quando procuram o acompanhamento nutricional durante a gestação. É de fato importante e é um dos tópicos a ser discutido e abordado ao longo de todos os nove meses: ganhar peso demais pode ser prejudicial para mãe e filho, pois facilita o aparecimento de outras comorbidades como ...

Continuar lendo...

15 de maio de 2015, hoje é o Dia da Revolução pela Comida, ou Food Revolution Day, campanha criada em 2012 pelo chef inglês Jamie Oliver. Atualmente são mais e 90 países participantes, e o Food Revolution Day é uma campanha para motivar as pessoas a buscarem o conhecimento e direito a uma alimentação saudável. Neste ano, a campanha tem objetivo central conseguir 1.500.000 assinaturas em uma petição online (assine aqui) que pede que a educação alimentar seja uma disciplina obrigatória nos currículos escolares de todos os países que compõem o G20 (fórum internacional para a cooperação global, formado por 19 países e a União Europeia). A ideia é ter os alimentos em sala de aula, mostrar e ensinar as crianças como prepará-los, para que aprendam, na prática, a importância da alimentação saudável - não é demais? :) Este apelo é fundamentado com o número crescente de crianças e jovens com doenças crônicas não transmissíveis (como ...

Continuar lendo...

01/08 e, pelo terceiro ano, não haveria como deixar passar em branco o dia mundial da amamentação. A amamentação é com certeza uma parte muito importante dentro da nutrição humana, e também por isso, uma das que mais me encanta. A amamentação é uma das grandes provas da perfeição que o corpo humano trabalha, de como o instinto de sobrevivência ensina o binômio mãe-bebê a se conhecer e se adaptar à nova fase. Nem sempre é tão simples como parece ou como gostaríamos, e a verdade é que dá trabalho, exige paciência e dedicação da mãe. Mas o depoimento que minha paciente Giuliana deu no ano passado, publicado em comemoração à este dia (veja aqui), deixa mais do que claro o quanto vale a pena! Para este ano, a comemoração para o dia da amamentação está dedicada àquelas que ainda vão iniciar o processo. "Teach me how to breast feed" (ou, "Ensine-me a amamentar") ...

Continuar lendo...

Esta é a novidade de abril e o primeiro "evento público" vindo da parceria com a Nutriterapia e o Núcleo Ânima. O Núcleo Ânima é um espaço que tem por objetivo promover a saúde física e emocional. Eles têm uma equipe multidisciplinar fixa e uma cartela de parceiros, que juntos oferecem serviços e experiências como ferramentas para o bem estar e equilíbrio pessoal.  Desde o final do ano passado, o Núcleo Ânima está em reforma e será re-inaugurado neste mês com o I Ânima Convida: "Uma semana repleta de palestras, oficinas e vivências voltadas para o desenvolvimento de aspectos do nosso feminino".  Todas as atividades serão abertas ao público, serão gratuitas (mediante inscrição) e alguns brindes e pacotes de serviços serão sorteados aos participantes. Não é demais? Minha parte entra nesta história com uma palestra no dia 14/04, com o título: "Estratégias práticas para deixar os hábitos alimentares de seus filhos mais saudáveis" :) Então ...

Continuar lendo...

Bebês e crianças pequenas não devem ser expostas ao consumo de açúcar. Esta é uma das minhas maiores convicções, e uma das poucas ideias certas que eu tenho para quando tiver filhos. E é mais um ponto essencial a se considerar no tão importante período de introdução alimentar. Não existe necessidade de dar açúcar e/ou alimentos açucarados para crianças, especialmente as menores de dois anos. E por que não?  Primeiro, porque nenhum tipo de alimento açucarado agrega valor nutricional à saúde da criança. E por alimento açucarado entenda, desde a simples adição de açúcar sobre uma fruta, até o uso de produtos industrializados como sorvetes, achocolatados líquidos e em pó, iogurtes e petit suisses, bolachas, refrigerantes, chocolates etc. Em segundo lugar, porque os primeiros 1000 dias de vida de uma criança são os mais importantes para a formação de sua saúde física e mental. Estes 1000 dias vão desde o primeiro dia da ...

Continuar lendo...

Hoje o post é para oficialmente contar sobre a minha mais nova grande parceria, a Nutriterapia, da nutricionista Débora Rosa! A Nutriterapia é um centro de atendimentos nutricionais, especializada na assistência à gestantes, bebês, crianças e famílias, com o objetivo de educar e promover melhores escolhas alimentares, corrigindo maus hábitos que poderiam levar à consequências negativas. Tudo a ver com minha forma de pensar e trabalhar, e com isso vou poder focar um pouco mais no público materno-infantil que eu tanto amo!! E então, a partir desta semana, começo a fazer atendimentos por lá também! #nutrifeliz Junto com esta parceria, nascem muitos projetos que entrarão em cena neste ano, dando atenção inicialmente aos bebês e crianças. Isto porque, eu e a Débora concordamos que formar hábitos saudáveis desde a infância é muito mais fácil (e saudável) do que precisar corrigi-los depois. Então, aguardem, muitas outras novidades vêm ainda por aí! :) Fica então ...

Continuar lendo...