Muitas das pessoas que passaram em consulta comigo neste ano me ouviram falar no livro da nutricionista Sophie Deram, O Peso das Dietas. Eu li no início de 2015, e desde então está entre meus planos escrever um post sobre ele. O livro explora e sustenta muitos motivos para não seguirmos (ou como nutricionistas, prescrevermos) nenhum tipo de dieta ou restrições alimentares severas, e sim voltarmos a nos alimentar com prazer e sem culpa. Em um evento de discussão do livro “O Peso das Dietas” que participei com a Sophie Deram, em março de 2015. Esta imagem foi postada no instagram @blognutrirbem Eu já conhecia a Sophie e passei a admirá-la ainda mais depois que li o livro. Concordo bastante com seu posicionamento, e muitas das minhas condutas são baseadas nesta mesma linha: contra restrições alimentares severas e terrorismo nutricional e a favor do prazer em comer, da reeducação alimentar e ...

Continuar lendo...

Recebi recentemente duas perguntas muito parecidas de leitores do blog, e sendo questionamentos comuns, achei pertinente transformar a resposta em um post: Leitor 01:  "Thais, gostaria de saber sua posição e análise sobre os substitutos parciais de refeições e os complementos nutricionais da Herbalife. E se o uso desses produtos aliados a uma alimentação saudável e atividades físicas pode ser feita com segurança e saúde por longos períodos." Leitor 02: "Sempre quis saber, mas nunca tive para quem perguntar: vale a pena usar shakes para emagrecer?" Na minha opinião, não. Shakes ou outros substitutos integrais ou parciais de refeições (chás, sopas ou cápsulas) não são indicados e não valem a pena. E eu tenho vários motivos para isto: #1 Ninguém vive de shake para sempre   Shakes para emagrecer podem até ser sedutores, pois têm uma proposta direta e aparentemente prática. Mas o fato é, ninguém toma shake para o resto da vida! E isso quer dizer que em ...

Continuar lendo...

Na última semana a dieta Ravenna - ou método Ravenna de emagrecimento - ganhou novamente destaque na mídia. No final de 2014 o tema veio à tona por ter sido a dieta escolhida pela Presidente Dilma para emagrecer a tempo de sua posse, em janeiro deste ano. E desta vez foi o apresentador Fernando Rocha, do programa Bem Estar da Rede Globo, em sua campanha #afinarocha com a dieta Ravenna. Imagem da internet A dieta Ravenna é um método promovido pelo médico Máximo Ravenna, basicamente a base de restrição calórica muito intensa associada ao acompanhamento médico e multidisciplinar de nutrição, psicologia e educação física. Já recebi alguns pacientes que passaram pela dieta Ravenna e que perderam peso - bastante peso até, mas que depois me procuraram para uma reeducação alimentar – então por que não fazer a reeducação alimentar desde o começo? Enfim, o que vejo após a dieta Ravenna, as pessoas ficam ...

Continuar lendo...

#1 Quero emagrecer!! Já fiz muitas dietas mas vivo em efeito sanfona, sempre brigando com a balança Dietas comuns são normalmente muito restritivas, o que faz com que não sejam sustentáveis a longo prazo, e acabam por deixar o organismo deficiente em nutrientes. Por isso, fazer dieta é altamente desaconselhável e pode ser perigoso para a saúde! O profissional nutricionista deve te orientar a buscar hábitos alimentares mais saudáveis que te ajudarão a perder peso de forma efetiva. Perder peso não deve ser sinônimo de proibições, privações, fome ou sofrimento. A reeducação alimentar é a forma mais efetiva para uma perda de peso duradoura. #2 Sempre fui magro e não consigo engordar O nutricionista pode te ajudar a planejar refeições que supram seu gasto energético e que ajudem a ganhar peso de forma saudável, sem que haja acúmulo de gordura ou alterações de glicemia e colesterol, por exemplo. A combinação de alimentos corretos pode ...

Continuar lendo...

Muitas pessoas chegam ao consultório desanimadas e quase torcendo para que os exames acusem alguma alteração de metabolismo, pois juram de pés juntos não conseguir emagrecer Por que não consigo emagrecer? Eu como bem, faço tudo certinho!! A grande questão aqui é, “o que é tudo certinho”?? Na minha opinião, não existe uma única forma de estimular o corpo a perder peso, pois cada um é cada um, com hábitos alimentares diferentes, gostos diferentes e necessidades diferentes. Então o “tudo certinho” não existe, o que existe são formas diferentes de estimular cada organismo para resultar na perda de peso. Sim, porque perder peso é consequência. Outro ponto, é que existem alguns erros comuns às pessoas que estão tentando emagrecer, erros de consumo e comportamento alimentar, que nem sempre colaboram para a perda de peso esperada. Então listei alguns destes erros comuns que as pessoas cometem, na tentativa de “fazer tudo certinho” para emagrecer. Consumir muitos industrializados Como ...

Continuar lendo...

Quando as pessoas descobrem que eu sou nutricionista, uma das primeiras perguntas que eu escuto é: "quantas calorias tem ________ (complete a lacuna)", ou ainda "é verdade que __________ tem menos calorias do que ___________ (complete também estas lacunas)?". São questionamentos comuns e frequentes tanto dentro quanto fora do consultório, e a minha resposta é sempre a mesma: o valor calórico não é tão importante assim! É importante para o nutricionista, que vai calcular seu consumo alimentar e ajustá-lo ao seu metabolismo e objetivos nutricionais. Mas para as pessoas, não é vantajoso se prender ao número de calorias para basear suas escolhas alimentares. Sei que nem sempre é fácil desapegar das calorias, então eu listei motivos para não precisar mais se preocupar com o valor calórico dos alimentos e não contar calorias em  2015 - nem nunca mais!! #1 valor calórico não é tudo Tomo como exemplo o que já falei neste post (Passe longe dos refrigerantes ...

Continuar lendo...

Como alguns viram no instagram (@blognutrirbem), na semana passada comecei a entregar a lembrancinha de final de ano aos meus pacientes. Pensei muito até resolver o que queria dar, e no fim escolhi por lindos tubinhos recheados de oleaginosas. Muitos dos meus pacientes habitualmente consomem as castanhas em alguma refeição, mas sei que ainda tem gente que tem medo delas por conta de seu valor calórico e teor de gorduras. Mas como aqui não contamos calorias, e sim nutrientes, este post vai dizer porque eu faço tanta questão de incluir as oleaginosas nos planejamentos alimentares das pessoas: Quem são elas?  Nozes, castanhas, amendoim, pistache, macadâmia, avelã, amêndoas, pecãn... Todas estas sementes são chamadas como oleaginosas devido a seu perfil semelhante de nutrientes. Benefícios: # Composição nutricional - macronutrientes: excelentes fontes de gorduras insaturadas – as gorduras que conferem benefícios para a saúde cardiovascular - e proteínas vegetais completas. Tem pouca quantidade de carboidratos, e os ...

Continuar lendo...

Feliz 2014, minha gente! Está certo que o ano já começou há exatos 20 dias, mas acho que desejos de felicitações nunca são demais, certo? :) Andei pensando bastante sobre o que seria mais legal para começar o ano do blog. Voltei de férias, voltei aos atendimentos nos consultórios e andei lendo algumas coisas por aí, e é claro que neste período não há outro assunto senão “detox” ou “como se livrar dos exageros do final de ano”. Achei que seria justo eu também dar minhas dicas e pitacos sobre este assunto. A ideia é a seguinte: durante anos e anos e anos nosso organismo sempre deu conta de se livrar de toxinas sozinho. Como colocou a querida Vanessa, do Santa Dieta, “um corpo saudável e equilibrado, em homeostase , vai se purificar perfeitamente, com pouca ou nenhuma ajuda externa”. Claro que há fases ou períodos que sentimos nosso corpo sobrecarregado, por ...

Continuar lendo...

O calorzinho está começando a aparecer, os finais de semana têm tido mais sol, e agora as pessoas estão começando a se desesperar preocupar com o corpo que vão mostrar na praia. Quem me conhece sabe, eu sou adepta ao #projetoverãopravidatoda, pois eu profundamente acredito que um corpo saudável nada mais é do que o reflexo de um organismo saudável, e que não deve ser construído apenas para o verão. E por corpo saudável, eu quero dizer: tranquilo, sem neuras, feliz, pleno... e não esquelético ou musculoso ou irreal... Bom, mas querendo ou não, sabemos que neste momento milhares de "projeto verão sem canga" estão começando por aí, e a minha parte é incentivar que estes projetos perdurem até o próximo verão, pelo menos. Então segue aqui uma mãozinha com 8 ótimas dicas para ajudar a perder aqueles quilinhos a mais... #1 Não acredite em milagres Dieta do tipo sanguíneo, da proteína, do shake, da princesa ...

Continuar lendo...

Alguns já sabem (e os outros já devem ter percebido) que um dos campos que eu mais gosto dentro da nutrição é a nutrição infantil. Além das criancinhas serem liindas, eu acredito que uma das formas que temos de mudar o atual panorama do sobrepeso e obesidade mundial, é ensinando-as a alimentarem-se da forma mais saudável possível, desde cedo. É difícil que uma criança que come bem (entenda, saudável) venha a ter problemas com o peso na fase adulta. E dentro deste tema tão amplo e complexo, os familiares muitas vezes não entendem porque nós, nutricionistas, insistimos tanto em reduzir o consumo de bebidas industrializadas. Ou mesmo em casos de reeducação alimentar e perda de peso em adultos: por que um simples e inofensivo copo de suco de caixinha pode significar tanto prejuízo na perda de peso final? Este é o mundo das bebidas açucaradas. Sim, pensar nas bebidas é muito importante ...

Continuar lendo...