Nas avaliações de hábitos alimentares durante minhas consultas, eu sempre pergunto se a pessoa cozinha, gosta de cozinhar e quem cozinha em sua casa. Muitas pessoas dizem que gostam de cozinhar mas não têm tempo, ou que gostam mas que a pouca prática deixa todo o processo muito lento e trabalhoso. Eu, que sempre gostei de cozinhar, venho há algum tempo prestando atenção em atitudes e ferramentas que facilitem o processo e deixem a tarefa de ir para a cozinha prática e mais prazerosa para o dia a dia.

truques na cozinha, cozinha prática, cozinha saudável
5 dos meus truques para sempre ter refeições saudáveis e rápidas, #therealfastfood.

#1 Descascador de legumes

Na minha opinião, é um utensílio essencial. Facilita muito o descasque dos legumes (e algumas frutas), e com ele é possível descascar o legume ou fruta bem rente à casca – e assim, minimiza muito o desperdício dos alimentos.

descascadores de legumes, cozinha prática, cozinha saudável
3 modelos diferentes de descascadores de legumes

O descascador de legumes é bastante versátil e pode permitir também cortes diferentes para os legumes e frutas: cortes de fatias finas ou em lascas. Por exemplo, abobrinhas cortadas longitudinalmente para uma lasanha, ou quem sabe cortes bem fininhos de beterraba, pêra ou maçã, podem dar à preparação um nome requintado… carpaccio! rs

cozinha prática, maçã, carpaccio de maçã, fruta
Imagine um carpaccio de maçã….

#2 Secador de salada

Outra invenção genial. Sempre escuto o argumento de que as pessoas não consomem saladas de folhas em suas casas pois as folhas estragam na geladeira. Bom, se houver hábito de consumi-las diariamente não dá tempo de estragar…. De qualquer forma, guardar as folhas na geladeira já higienizadas facilita muito o processo, e garantir que elas estejam bem secas aumenta sua durabilidade. Então o secador de saladas torna-se essencial para isso!

cozinha prática, secador de salada, cozinha saudável
Modelos de secadores de salada

#3 Temperos caseiros prontos

Acho que já falei algumas vezes por aqui sobre temperos industrializados, mas em resumo: muitos aditivos alimentares, muito sódio, algumas vezes muita gordura, e pouco sabor. Eu luto muito (e sempre) para que os temperos na minha casa sejam sempre os mais naturais possíveis. Então duas trocas importantes são: trocar os caldos de carne e legumes industrializados pelos caseiros (que dão trabalho, mas feito 1 vez, duram bastante!), e trocar as pastas prontas de alho e cebola picados pela versão natural e caseira. A dica é: congele os caldos caseiros em pequenas porções e deixe um vidro com cebola e alho picadinhos, com um pouco de azeite, na geladeira. Manter uma boa variedade de ervas desidratadas na despensa também é ótimo para variar o sabor das preparações.

#4 Forma de gelo

Permite que pequenas porções de caldos e purês sejam congeladas, como por exemplo, os caldos de legumes e carne caseiros, purês de fruta congeladas para sucos e vitaminas, pequenas porções de purês de legumes para a alimentação de bebês e crianças…

cozinha prática, gelo de suco, cozinha saudável, comida saudável, congelado saudável
Imagem da internet

#5 Sacos plásticos e potes com tampas

Também para congelar porções limitadas de alimentos. Por exemplo, em uma casa com duas pessoas, pode ser melhor congelar duas porções de 250g de carne moída, para duas refeições diferentes, do que um único bloco de 500g que provavelmente resultará em sobra. E para isso, os potes (em tamanhos variados) com tampa podem ser ótimos. Os saquinhos plásticos também otimizam bastante o processo, permitindo que você use somente o que for necessário para aquela refeição.

Cozinhar pra mim é também ter as coisas práticas e à mão, e isto nem sempre precisa significar perder em qualidade nutricional ou sabor ; )

Não existem comentários ainda.

Dúvida? Opinião? Sugestão? Deixe um comentário!