Já foi estrela de muitas capas de revista, e ainda hoje existem controvérsias a respeito do seu consumo regular. Eu, particularmente, sou fã, e considero o ovo um alimento de altíssimo valor nutricional.

ovo 1
(imagem da internet)

6 ótimos motivos para consumir:

# Valor nutricional

Baixo valor calórico, fácil digestão, o ovo é rico em proteínas de alto valor biológico, especialmente na clara, que também é rica em sódio e potássio. A gema é principalmente composta por gorduras, em sua maioria insaturadas (as gorduras boas) e colesterol. Dentre os micronutrientes, a gema tem grandes quantidades de fósforo, cálcio, ferro e vitaminas A, E, K e principalmente B12. Ao contrário de muitos modismos por aí, o interessante é consumir o ovo inteiro e não apenas a clara!! 🙂

# Mas e o colesterol?

O ovo contém cerca de 220mg de colesterol, perto da quantidade máxima recomendada por dia, de 300mg. No entanto, estudos recentes não têm mostrado associação entre o consumo de ovo e aumento de colesterol ou triglicérides, assim, não conseguem estabelecer nenhuma relação positiva entre o consumo de ovo e aumento do risco das doenças cardiovasculares. O ovo, aliás, é rico em lecitina, um emulsificante natural, que pode ajudar a reduzir a absorção de colesterol. Parece, no entanto, que o consumo do colesterol do ovo não é significante quando se considera o bom valor nutricional dele.

# Controle de pressão:

A presença de proteínas, sódio e potássio, principalmente na clara do ovo, parece contribuir para a melhora do controle da pressão arterial.

# Manutenção e perda de peso

Um estudo que comparou a perda de peso em dois grupos de pessoas mostrou que aqueles que consumiram ovo no café da manhã tiveram maior perda de peso do que os que não consumiram (ambos os grupos tiveram restrições calóricas no seu planejamento alimentar). Isso porque o consumo de ovo parece aumentar a saciedade e reduzir a fome nas refeições seguintes. Além disso, a boa quantidade de proteínas ajuda na manutenção e aumento de massa muscular do corpo, interessante para praticantes de atividades físicas e idosos, por exemplo.

#Turbo para o cérebro

a colina é um nutriente que faz parte das vitaminas do complexo B, e é componente de grande importância das membranas celulares. É essencial para a neurotransmissão de mensagens cerebrais, além de contribuir na formação da memória. Por participar das funções cerebrais em todas as faixas etárias, o consumo adequado de colina por mulheres gestantes ou que amamentam parecem também beneficiar a formação do sistema nervoso dos bebês

# visão:

os antioxidantes luteína e zeaxantina são antioxidantes e grandes preventores da degeneração macular, a principal causa de cegueira em idosos. Ainda que em quantidades pequenas, a forma que estão presentes no ovo parecem ser mais biodisponíveis do que em outros alimentos.

ovo 2
(Imagem da internet)

*dicas gerais*

Compra: 

Quando for comprar, certifique-se de que os ovos estão inteiros, sem apresentar sujidades, trincas ou lascas na casca.

Armazenamento: 

O ovo deve ser armazenado sob refrigeração, mas o ideal é que não seja na porta da geladeira. Existem caixas plásticas que se assemelham às tradicionais caixas de ovos que permitem o armazenamento mais adequado dos ovos, no inteorior da geladeira.

Uso: 

Lave os ovos em água corrente, mas somente antes de utilizá-los! Os ovos não devem ser consumidos em sua forma crua. Isto porque o ovo cru apresenta alto risco para contaminação por Salmonella, além de possuir fatores anti-nutricionais e sua proteína ser de melhor qualidade biológica depois de cozida. Veja por quanto tempo o ovo deve ser cozido para ter firmeza na gema.

ovo cozido
(Imagem da internet)

Não existem comentários ainda.

Dúvida? Opinião? Sugestão? Deixe um comentário!