Há tempos estou prometendo este post para algumas pessoas e finalmente, chegou a hora dele 🙂

Ainda tem muita gente que usa o refrigerante zero como substituto ao refrigerante comum no intuito de reduzir as calorias consumidas no dia, e então, teoricamente, auxiliar na perda de peso. Então vamos ao comparativo:

Refrigerantes zero

 (Obs: apenas para exemplificação, aqui serão usados a Coca Cola e Guaraná Antártica, mas no geral todas os refrigerantes ou bebidas gaseificadas zero ou light seguem a mesma linha)

Neste contexto, a substituição seria justa – aqui tem um post que fala um pouco mais sobre porque evitar as bebidas açucaradas.

Mas o primeiro ponto, é que, como aqui as calorias não são importantes, e sim os nutrientes. Então, vamos à comparação clássica do valor nutricional dos refrigerantes zero e o temido suco de laranja:

comparação suco de laranja e refrigerantes zero

Apesar de o suco de laranja apresentar valor calórico e os refrigerantes zero não, analise bem a oferta de nutrientes dos três candidatos – o suco de laranja ganha de lavada! E analise também o conteúdo de sódio, muito maior nos refrigerantes.

O segundo ponto contra os refrigerantes zero pede uma análise mais detalhada de sua composição: vamos aos ingredientes!

Coca cola zero: Água gaseificada, extrato de noz de cola, cafeína, aroma natural, corante caramelo IV, acidulante ácido fosfórico, edulcorantes ciclamato de sódio (27mg), acessulfame de potássio (15mg), e aspartame (12mg) por 100ml, conservador benzoato de sódio, regulador de acidez citrato de sódio.

Guaraná zero: Água gaseificada, extrato vegetal de guaraná, aroma natural, conservador: benzoato de sódio, acidulante ácido cítrico, corante caramelo tipo IV, edulcorantes artificiais (mg/100ml), sacarina sódica: 16,0mg e ciclamato de sódio: 69,7mg.

ler rotulo

Ingredientes problema:

#1 Artificiais: nenhum dos ingredientes é natural, o que faz do refrigerante zero não ser uma #comidadeverdade

#2 Adoçantes: ciclamato de sódio, acessulfame de potássio, aspartame ou sacarina sódica e ciclamato de sódio. O consumo excessivo de adoçantes tem se mostrado prejudicial à saúde – prometo um post sobre isso!

#3 Teor de sódio: bastante aumentado nas versões zero justamente pela presença dos adoçantes ciclamato de sódio, conservador benzoato de sódio e regulador de acidez citrato de sódio – na coca cola zero. No Guaraná zero, também o conservador benzoato de sódio e os dois adoçantes usados. Em resumo, o excesso de sódio aqui pode aumentar a retenção hídrica e com isso causar desidratação, além de aumentar os níveis de pressão arterial e celulite (alô, mulherada! O zero também dá, viu?!)

#4 Corante Caramelo IV: os corantes caramelos são uma mistura de vários componentes e são obtidos pelo aquecimento de carboidratos, com ou sem adição de reagentes químicos. Então, de acordo com o processo em que foi produzido, os corantes caramelo são classificados entre I, II, III e IV, e o corante Caramelo IV é principalmente usado no Brasil para conferir cor aos refrigerantes. O problema deste corante é que ele contém altos níveis de uma substância que, quando consumida em excesso, é possivelmente cancerígena. Além disso, a Coca Cola comercializada no Brasil contém maior quantidade desta substância cancerígena do que todas as outras Coca Colas vendidas no mundo!

#5 Ácido fosfórico e fosfatos:  o excesso de fosfatos pode atrapalhar a absorção de cálcio da dieta e, para que haja cálcio livre no sangue, nosso organismo recruta o cálcio dos ossos. Nosso corpo necessita do cálcio não só para a formação de ossos e dentes, mas também por ter um papel importante nas contrações musculares e batimento cardíaco. Desta forma, com a necessidade de retirar o cálcio dos ossos, nosso corpo apresenta maiores chances de osteopenia e osteoporose.

Por fim, a dica aqui é reduzir o consumo e tirá-lo da rotina. Para isso, é importante identificar porque o hábito do refrigerante está lá e tentar revertê-lo para algo mais saudável. O consumo de refrigerantes deve ser eventual, e a dica para minimizar os danos de quando consumir, é sempre tomar bastante água para ajudar a reduzir a retenção hídrica e eliminar os componentes nocivos da fórmula.

brinde com suco

Para o consumo diário, a água pura, aromatizada ou os sucos naturais com certeza são as melhores opções!

1 Comentário

Dúvida? Opinião? Sugestão? Deixe um comentário!