Este tema foi também um pedido de leitores e seguidores do Instagram (@nutrirbem.thais). Muita gente conhece os probióticos, mas não sabe bem porque eles são indicados, como eles podem ajudar na saúde geral e como usá-los.

O que são:

Probióticos são bactérias benéficas que atuam na flora intestinal (ou microbiota intestinal). Fazer uma suplementação de probiótico tem por objetivo renovar ou estimular a microbiota intestinal e colher todos os benefícios que isto inclui.

Saúde intestinal:

Neste post falei bastante sobre a importância da boa saúde intestinal e tudo que ela pode envolver. Mais do que comer bem, é preciso ter certeza de que estamos absorvendo bem os nutrientes, e os probióticos podem ajudar bastante neste sentido.

Você é o que você

Os benefícios da saúde intestinal são muitos. Dentre eles: boa absorção de nutrientes, modulação de humor e bem estar, redução de estresse, reforço para o sistema imune, redução de colesterol e até auxílio para a perda de peso. Tudo isso está bem detalhadinho neste post – recomendo muito a leitura!

Gestação, lactação e bebês:

A flora intestinal ganha uma importância ainda maior durante a gestação e lactação, pois já sabemos que a microbiota da mãe influencia diretamente na saúde do bebê durante estas duas fases (mais sobre este tema aqui). Podemos dizer que a boa flora da mãe durante a gestação e lactação ajuda a prevenir que o bebê tenha alergias durante todo o curso de sua vida, além de garantir (também para o bebê) melhor absorção de nutrientes e melhores respostas de sistema imune a longo prazo. Durante a amamentação, a microbiota da mãe influencia a composição do leite, o que garante que boas bactérias vão colonizar o intestino do bebê durante todo o tempo que estiver sendo amamentado. Além disso, os probióticos ajudam o bebê a amadurecer o intestino, reduzindo as cólicas e desconfortos comuns no início da vida.

probioticos gestante

Quando e como usar

Os probióticos podem (e devem) ser usados como complementos em praticamente todas as fases da vida, mas são particularmente necessários em situações como constipação, diarreia, alergias e intolerâncias alimentares e quedas de sistema imune, por exemplo. A forma de consumo dos probióticos também pode ser variada. Existem bebidas lácteas e leites fermentados acrescidos de probióticos no mercado que realmente podem dar um suporte para a saúde intestinal. No entanto, os maiores benefícios e a eficácia vêm quando há variedade nas bactérias oferecidas, e em dosagens corretas, o que só se alcança com uma suplementação adequada. Porém, a suplementação só deve ser realizada por um profissional capacitado, que saiba escolher os melhores tipos de bactérias para cada perfil e de acordo com o benefício que se espera, e considerando o consumo alimentar atual e adequado. Por isso, para mais informações sobre qual seria o melhor probiótico para você, em que dosagem, frequência e forma de administração, é essencial buscar um acompanhamento nutricional e obter uma avaliação completa.

Assinatura Thais C. LaraNutricionista

Não existem comentários ainda.

Dúvida? Opinião? Sugestão? Deixe um comentário!